Museu Júlio de Castilhos- Parte II

O arenito

Sejam todos bem vindos !

Nesta semana, foi postado aqui a primeira parte sobre o trabalho realizado na fachada do Museu Júlio de Castilhos onde comentei sobre as análises que foram realizadas para que o material constituinte da fachada,  o arenito, fosse caracterizado.

Pois bem, após as análises petrográficas e a difratometria de raios-X concluímos que o arenito , apesar de seus 140 anos, ainda não havia se desmanchado por completo pois  sua composição predominava a material silicático.

Será que alguém foi dar uma olhada na escala de Bowen ou na série de Goldich? Pois bem, do que elas tratam?

estabilidade2bdos2bminerais2b2

 

A escala de Bowen nos informa a ordem de cristalização em relação ao arrefecimento do magma. Ou seja, a ordem em que os cristais vão se formando à medida que o magma vai resfriando.

Já a série de Goldich traça uma relação entre a ordem de cristalização, a estabilidade dos minerais e a velocidade do intemperismo.

Eu aprendi, de forma muito simplificada, que as rochas quando são retiradas, beneficiadas e empregadas nos seus mais diversos usos, independentemente, do seu destino e das condições deste, já começam um processo de degradação, por mais sutil que seja. Porque? Simplesmente, porque elas se encontram em condições de temperatura e pressão diferentes daqueles em que foram formadas. E vão se ‘arranjando’ internamente para se adaptar a essas novas condições.

Agora com esta informação. É mais fácil ver o por quê da abordagem aos trabalhos de Bowen e de Goldich. Elas trazem justamente esta informação, quanto mais tardia a formação do mineral, ou seja, mais perto da superfície, menor será a velocidade de intemperismo que ele irá sofrer. E ao olharmos veremos que o quartzo é o último a cristalizar e assim o mais estável.

Vamos em frente!

No próximo post concluímos a análise deste caso.

Abraço

Verônica Di Benedetti

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: